sábado, 25 de agosto de 2007

Atrás dos Tempos

 
Posted by Picasa

Era uma vez o Cantor Maldito

 
Posted by Picasa

Eis ali o Cantor Maldito

 
Posted by Picasa

Eis aqui o Agiota

 
Posted by Picasa

Materialista sou eu

 
Posted by Picasa

Bárbaros em Passerelle

 
Posted by Picasa

Adeus Orelhas -de - Abano

 
Posted by Picasa

A Nova Brigada dos Coroneis dos Lápis Azuis

 
Posted by Picasa

E tão só o verde dos teus olhos

 
Posted by Picasa

sexta-feira, 24 de agosto de 2007

A Ouro e Prata

 
Posted by Picasa

10. Ao Longo de um Claro Rio de Água Doce

 
Posted by Picasa10. Ao Longo de um Claro Rio de Água Doce é o verdadeiro nome deste tema

A Carta de Paris

 
Posted by Picasa

Naufrágio ...

 
Posted by Picasa

Os Navegados

 
Posted by Picasa

Gargalham muito as Sarracenas

 
Posted by Picasa

Recado a Sofala

 
Posted by Picasa

a chusma salva-se assim (clicar p abrir)

 
Posted by Picasa

Todo este céu

 
Posted by Picasa

domingo, 3 de junho de 2007

Navegar, Navegar

Fausto Bordalo Dias - Navegar, Navegar
Composição: Fausto


Intro:[E G7 ]

C
Navegar navegar
G7
Mas ó minha cana verde
Mergulhar no teu corpo
C
Entre quatro paredes
Dar-te um beijo e ficar
G7
Ir ao fundo e voltar
Ó minha cana verde
C
Navegar navegar
C|G7|C|


F#m | D/F#
Quem conquista sempre rouba
B7 | F#m7|
Quem cobiça nunca dá
A7/9- Em7
Em7 | Bm7 |
Quem oprime tiraniza
Bm7 F#7|
Naufraga mil vezes
Em7 |
Bonita eu sei lá

|Em7 Bb7|
Já vou de grilhões nos pés
Fm7 |Cm7|
Já vou de algemas nas mãos
Ab | Dbm
De colares ao pescoço
Bb
Perdido e achado
Ebm
Vendido em leilão
D7 |G7
Eu já fui a mercadoria
B7
Lá na praça do Mocá
| E
Quase às avé-marias
G7 |C
Nos abismos do mar


navegar navegar...


Já é tempo de partir
Adeus morenas de Goa
Já é tempo de voltar
Tenho saudades tuas
Meu amor
De Lisboa
Antes que chegue a noite
Que vem do cabo do mundo
Tirar vidas à sorte
Do fraco e do forte
Do cimo e do fundo
Trago um jeito bailarino
Que apesar de tudo baila
No meu olhar peregrino
Nos abismos do mar

C d7 |dm7
AI navegar, ó cana verde
g7 | c
Ir no teu corpo entre quatro paredes
Ai dar-te um beijo e ficar
Ó cana verde ai navegar navegar

O CONQUISTADOR

Intro : [|D | A|]
D Bm | A | Bm | A |
Meu amor já vou, e tu vais gostar ajeita o teu corpo eu estou a chegar pra me consolar
D Bm | A | Bm |
Esquece o herói das velhas jornadas e eu que também sou das grandes noitadas
| A |
sou doutras cruzadas
C#7 F#m |E7 A6 |
Mas olha-me nos olhos coração e guarda segredo
E F#m | C#0 dim Bb0 dim Bm |
Que o meu olhar delirante desenha levantes e conspirações
Bm E | A6 |
Sobre a mesa de um bar sonha o dia de sonho na noite dos foilões
E F#m |E7 | A6 |
Espera mais um pouco coração não te vás embora
G#7 C#m7 | C#m7 E |
Já vejo a minha gente bailando insolente a estalar tambores
E7 | A |
A gritar a chula dos Conquistadores
C#7 F#m
Verdade ou mentira
Ó Elvira
Coro I
D Bm | A|
Ó meu bem eu não sei, ó meu bem eu sei lá
Ó meu eu já venho , ó meu bem venho já
Coro II
Vou andando por ti celebrando
Na chalaça malhão na pirraça
Faz de conta ó paixão faz de conta

Meu amor mais louco o mais delirante faz do doce encanto terno dos amantes
Mil coisas picantes
Pra que eu possa ver a voar tão alto a minha cidade toda em sobressalto
No próximo assalto

E segura-te bem, meu coração nesta cavalgada
Para além dos céus multicores dos Cabos Bojadores do Canto das Sereias
Para lá do espaço e do tempo sou o conquistador dos castelos de areia
Se no fim de tudo, meu amor resta a poesia
O bruto salta e grita ‘ olha o mau da fita, alto que eu disparo
O sonho ou a vida ó do reviralho
Mas que mal eu fiz
Beatriz

Coro I
Ó meu bem eu não sei, ó meu bem eu sei lá
Ó meu eu já venho , ó meu bem venho já
Coro II
Vou andando por ti celebrando
Na chalaça malhão na pirraça
Faz de conta ó paixão faz de conta
Coro III
Disfarça vadio no gozo e na gargalhada
Na dança sacode abana toda a bancada
Somos os bombos da festa adiada

sexta-feira, 1 de junho de 2007

Atràs dos Tempos

Madrugada dos Trapeiros  (capo no 5º Ponto)
Atrás dos Tempos

Intro: [|Gm6 | A/F# | E/G# |]
|Gm6
Eu pego na minha viola
| Dm7/9/A
E canto assim esta vida a correr
| Gm6
Eu sei que é pouco e não consola
| Dm7/9/A
Nem cozido à portuguesa há sequer
| Gm6 | Cm7/9
Quem canta sempre se levanta
Bbm 7/9 | F7+
Calados é que podemos cair
|Gm6
Com o vinho molha-se a garganta
| Dm7/9/A
Se a lua nova está para subir
Cm7 | A7|
Que atrás dos tempos vêm tempos
Bm7 |------------- |
E outros tempos hão-de vir
Cm7 | | A7|
Que atrás dos tempos vêm tempos
------------------| Dm7/9/A
E outros tempos hão-de vir


Eu sei de histórias verdadeiras
Umas belas
Outras tristes de assombrar
Do marinheiro morto em terra
Em luta por melhor vida no mar
Da velha criada despedida
Que enlouqueceu e se pôs a cantar
E do trapeiro da avenida
Mal dormido se pôs a ouvir

Sei de vitórias e derrotas
Nesta luta que se há-de vencer
Se quem trabalha não se esgota
No seu salário sempre a descer
Olha a polícia olha o talher
Olha o preço da vida a subir
Mas quem mal faz
Por mal espere
Se o tirano fez a fresta p’ra fugir


Mas esse tempo que há-de vir
Não se espera como a noite
Espera o dia
Nasce da força que transpira
De braços e pernas em harmonia
Já basta tanta desgraça
Que a gente tem no peito a cair
Não é do povo nem da raça
Mas do modo como vês o porvir

Mariana das Sete Saias

"Madrugada dos Trapeiros", Capo em SOL.




e||---------------0-----------0-------------------0---------2---||
B||-----------5-----5-----5-----5-------------3-----3---3-------||
G||---------4---4-------4---------4---------4---4-----4---2-----||
D||-------0-------------------------------2-------------------4-||
A||-2-0-------------------------------------------------2-------||
E||-----4-------------4-----4-------5-4-3-----------------------||






e||---------------0--------|---------0-------------0---------||
B||-5---3---2-------2------|-7---------7-----7-------7-------||
G||---0---0---0-------0----|---7---------7-----7-------7-----||
D||-------------2-------2--|-----7---------7-----7-------7---||
A||-3---2---0-------------0|-5-----5---------5-----5-------5-||
E||------------------------|---------------------------------||






e||-------0-----0-----0-----0---------------0---------------0-------||
B||-5-------5-----5-----5-----5-----3-----------3---2---------2-----||
G||---5-------5-----------5-------5-----2---------2---0---------0---||
D||-----5-----------------------5-----4-------4---------2---------2-||
A||-0---------------0---------------2-----2---------0-----0---------||
E||-----------------------------------------------------------------||



1ªvez 2ªvez
_________________________________________ ________
|
e||-------0-----------------------0---------|-------2---------||
B||-0-------0-----0-5---3---2-------2-------|-3-----------3---||
G||---2---------2-----0---0---0-------0-----|---2-------------||
D||-----0-----0-----------------2-------2---|-----4-----4-----||
A||-2---------------3---2---0-------------0-|-2-------2-----2-||
E||-----------------------------------------|-----------------||





e||-3-3-3-3-3\2-2-0-------0------3-3-3-3-3\2-5-------5-------||
B||-1-1-1-1-1\1-1-2---2------2---1-1-1-1-1\1-2-2---------2---||
G||-2-2-2-2-2\2-2-0-----0------0-2-2-2-2-2\2-2---2-----2-----||
D||-----------------2------2---------------------------------||
A||-0-----0-------0--------------0-----0-----0-----0-------0-||
E||----------------------------------------------------------||





e||-------5---------------7---------------7-------------0-----------||
B||-6-------6---6---8-------8---8---7-------7-----7-0-------0-------||
G||---5-----------5---7-----------7---8---------8-----1-------1-----||
D||-------------------------------------------------------------2---||
A||-5---5-----5-----7---7-----7-------------------------------------||
E||---------------------------------7---7-----7-----0-----0-------0-||





e||-------4-------------3---0-------------1-------1-----3-----------||
B||-5-------5-----5-3-----------1---2-------2---2---3-------3-----3-||
G||---4---------4-----0---0---0-------3---------------4-------4-----||
D||-----------------2-----------------------------------------------||
A||-4---4-----4-------------3-----3-1---1-----1---------------------||
E||-------------------------------------------------3-----3-----3---||


(ao início e segue)
|
|>--------------B--------------<
|
(folhe)-tim | Bm Em7 A D Gm D D7 Em7 A Aº
e||-------0---------0-|------------------------------|------||
B||-3-------3-------2-|------------------------------|------||
G||---0-------0---0---|------------------------------|------||
D||-0---0-------0-----|------------------------------|------||
A||-----------------0-|------------------------------|------||
E||-------------------|------------------------------|------||





e||-------2-------------------2-------------0-----------3-----------||
B||-3-------3---3-----3-----------3-------5-----5-----5---5-------5-||
G||---2-------2---2-----2-------2-------5---------5-3-------3-------||
D||-----4-----------------4-----------5-----------------------5-----||
A||-2-----2---------2-------2-------0---------0---------------------||
E||-------------------------------------------------3-----------3---||





e||----------0-------------0-----------------0-----------------------0-------||
B||--3---------3---3-2-------2-----2-3---------3---3-5---3---2---------2-----||
G||----0---------0-----0-------0-------2---------2-----0---0---0---------0---||
D||------2-------------------------------4-----------------------2---------2-||
A||--2-----2---------0---0-------0---2-----2---------3---2---0-----0---------||
E||--------------------------------------------------------------------------||





e||---------0-------------0---------||
B||-7---------7-----7-------7-------||
G||---7---------7-----7-------7-----||
D||-----7---------7-----7-------7---||
A||-5-----5---------5-----5-------5-||
E||---------------------------------||






e||-------0-----0-----0-----0---------------0---------------0-------||
B||-5-------5-----5-----5-----5-----3-----------3---2---------2-----||
G||---5-------5-----------5-------5-----2---------2---0---------0---||
D||-----5-----------------------5-----4-------4---------2---------2-||
A||-0---------------0---------------2-----2---------0-----0---------||
E||-----------------------------------------------------------------||




(Vai ao "B", repete 2 vezes e à terceira fade out para terminar)

e||-------0---------------0---------------0---------------0---------||
B||-0-------0-----0-0-------0-----0-3-------3---3---2-------2---2---||
G||---2---------2-----1-------1-------0-------0---0---0-------0-----||
D||-----0-----0---------0-------0-------2---------------2-----------||
A||-2-------------------------------------------2---0-------------0-||
E||-----------------1---------------0-------------------------------||


Sete saias tem Mariana
e um emprego em Miraflores
viveu ontem de recados
mas hoje vive de amores

sete carros vão chegando
pelas tardes de Belém
com sete homens q a beijam
entre Sintra e o Cacém



não tenho amores
nem tenho amantes pois
quantos amados não sei
tenho alguns amadores
olha para mim
la na terra onde morei
escutava
pela rádio o folhetim



sete saias tem Mariana
à noite no Parque Mayer
dança bolero em dó menor
ali nm cantinho qualquer

"ai de mim" - diz mariana -
se um dia amor me faltar
ao almoço eu ja não como
e como menos ao jantar


não tenho amores
nem tenho amantes pois
quantos amados não sei
tenho alguns amadores
e sustento dois
lá na terra onde morei
sem trabalho
que é da vida pra depois


sete saias tem Mariana
nesta roda de contraste
a tua vida serve bem
aqueles que nunca amaste

Mariana das sete saias
se sopra o vento suão...
deixas de ser uma almofada
entre o mandado e o mandao

cai-te essa flor do cabelo
e amores do coração

Corações Sentidos Corações

(INTRO) Havia de haver uma fes-
e||-----------------------2---------------------------5-------|-3------------------
B||-5---------8-----5---------------4--------7------------7---|--------3--------3---
G||-4----4---------------------2----2---2----5----5---------5-|------4----------4---
D||-5------5-----5----(5)----4--------4------7--7-------7-----|----5------------3---
A||-4--4------4-----------2------2--------2--5------5---------|---------------------
E||-----------------------------------------------------------|-3---------------4---

ta... em toda a... a perfeição manifesta...
e||--------------------------------------------0-2-3-5-------5-------------------------
B||---------3----------------7---------------0-------6---6---6-----6-------5-8-----8---
G||-----5-------5----8-----------8---------0---------------7-----7-------7-------7-----
D||---4-------4---4------7---------7---2-4-------------7-------7-------5-------5-------
A||--------------------9-------9---------------------5-------5-------------------------
E||-5-----5----------7-----7---------0-------------------------------8-------8---------

mais perfeito... havia de haver... uma manhã...
e||------------------------------------------------------0-5----------------------------
B||---7-----4-----4---------8-7------3-----1-0-1-1-----0-1---------3-3------------------
G||-----8---4---4---------9-------9----2-------------2-----------5-------5--------------
D||-------9---4---------9-------9----0---0---------2-----------4-------4---4------------
A||-6-------2---------7-----7--------------------0-----------0-------0------------------
E||-----------------0-------------------------------------------------------------------

efeito... traz um ar... a tua... traz um certo... português...
e||---------------------2---------------------------------------------------------3----
B||-------3-3-------2-------2-----2-5-3-------3---2-3-2-----------2-------------0---3--
G||---4---------4-------------3-----------2---------------3---3-------3-------2-----4--
D||-----4-----4---4---4-----2-----------4-----4-------------4-------4---4---0----------
A||-----------------------------------2-----2---2-------1---------1---1----------------
E||-3-------3-------2-----2-----2-----------------------------------------3------------

dança folião... o que... nascer... (PASSAGEM/INTERLÚDIO)
e||--------------------0-----------------------0-----|-0---------------------------------
B||-5-5---3-3---3-3--0-----5-5---3-3---------0---0---|-5---5-7-8-------10--------10------
G||-5-5---5-5---4-4--0-----5-5---5-5-------0-------0-|-5-5---------8--------10---9----9--
D||-5-5---4-4---5-5--2-----5-5---4-4---2-4-----------|-7---------7---7----9---------9----
A||--------------5-----------------------------------|-0---------------------------------
E||-5---5-5---5-3--3-0---0-5---5-5---0---------------|---------8-------10-----10---------

havia de ser...
e||-7---------------3-------2-----2-------5-2-|-3----------------------------
B||-------7-8-----7-----5-------4-----1-------|-------3-3-----------3--------
G||-----7-------7---------4---2-----2-----2---|-----4---4-------5-------5----
D||---9-------9-------------------0-----0-----|---5-----3-----4-------4---4--
A||-7-------7---------5-----2-----------------|------------------------------
E||-------------------------------------------|-3-------4---5-----5----------

por cima... um outro macho colo q era menino
e||---------------------------0-2-3-5-----------------------------------------------------
B||---------7---------------0---------6---6-------5-8---5-7-------4---4-----8-7-----------
G||-8-----------8---------0-------------7-------7-------------8-----4-----------9---------
D||-----7---------7---2-4---------------------5-------5-----9---9---------9-------9---9---
A||---9-------9---------------------5-----5---------------6-------2-------------7---7-----
E||-7-----7---------0-----------------------8-------8-------------------0-----------------

havia de ser... caminho certo baila mundo...
e||--2-------5-------------0-5-----------------------------------3------------2------------
B||------1-------1-------1-------1---------3-3-------------0-3--------2---2---------2-5----
G||----2-----2-2---2---2-2-----4---4-----2-------5-------2-----2---2--------3-----3--------
D||--0-----0---------------------------4-------4---4---0----------------4-------4----------
A||------------------0-------0-------0-------0---------------------------------------------
E||--------------------------------------------------3-------3--------2-------2------------

como um carrocel nas cores painel gira guerra
e||------------------------------------------------------3--------------------------
B||-3-------3-----2-3-2-------------2-----------0----3-------5-------3---3---3-3----
G||-----2-----2-----------3-------------3---------2----2---2-----5---5---5---4-4----
D||---4-----4---------------4---4-----4---4---0----------------5---5-4---4---5-5----
A||-2-----2-----2-------1-----1-----1-----------------------------------------------
E||-----------------------------------------3--------3-------5-------5-5---5-3---3--

poder o que saber havia de ter toda esta nascida
e||-----0---------------------------0------------------------------------------------------
B||-0---0---5-5---3-3-------------------2-----2-----2-5-3-------3-----3-5-2-------2--------
G||-0---0---5-5---5-5---------0-4-----4-----3-----3---------2-------2---------3---3---3----
D||-2-------5-5---4-4-----2-4-----2-------2-----2---------4---4---4---------4-------4---4--
A||-----------------------------------------------------2-------2---------1-----1----------
E||-0-0---0-5---5-5---5-0-------0-------2-----2--------------------------------------------

orgia havia prazer viver
e||-------------------------------------0-----------------------|--
B||-3-------3------5-5-3-3---3-3----------0--5-5-3-3-------0-3--|--
G||-----4-2-----4--5-5-5-5---4-4-------------5-5-5-5-----2---4--|--
D||---0-------0----5-5-4-4---5-5------2------5-5-4-4---0-----0--|--
A||-------------------------------------------------------------|--
E||-3-------3------5---5---5-3---3-0---------5---5---3-------4--|--

corações sentidos paxiões magoados
e||------------------------------------------------0-0-------------------2-0-----2-------2------
B||-5-5---5---5---5-5---5--5---3-3---3-3---------0-----0-----0---0---0---0---0---1---1-----1----
G||-5-5---5---5---5-5---5--5---4-4---4-4-------0---------0-----0---------0-----0-2-2---2-----2--
D||-5-5---5---5---4-4---4--4---5-5---5-5---2-4-------------2-------2-------------0-------0------
A||--------------------------------------------------------------3-----3------------------------
E||-5---5---5---5-5---5-5------3---3-3-3-0---------0-0------------------------------------------

magoados magoados corações corações paixões
e||---2-------2-------0-----------0----------------------------------------------------0----
B||-------3---------3---------0-----0--5-5-5-5-5-5---5---5---3-3---3---3-----------0--------
G||---------2-----2---------0----------5-5-5-5-5-5---5---5---4-4---4---4---------0-------0--
D||-0---4-------4-------2-4-----2------5-5-5-5-4-4---4---4---5-5---5---5-----2-4-----2------
A||---2-------2---------------2-------------------------------------------------------------
E||-------------------0----------------5---5---5---5---5---5-3---3---3---3-0-------0--------

amadas magoados magoadas
e||---------0-------2-------2-------------2-2-------0---0-------------2-----3---0---2-----
B||-0-----------0-------1-----1-----3-----------2---0-------5-4-5---8-----3-----------1---
G||-----0-----0---0---2---2-----2-------2-----4---4-0-------5-4-5---------2-------0-------
D||---2-----2-------0-------0-----0---4-----4-------2-----2-5-4-5-5-----4-----2-----0-----
A||-3-----3-------------------------2---------------2-2-----3-6-7-----2-----0-------------
E||-------------------------------------------------0-------------------------------------

e||---------------||
B||-------0-3-----||
G||-----2---------||
D||---0-----------||
A||---------------||
E||-3-------------||

"Corações sentidos corações"
Letra e Música de Fausto
(in Atrás dos tempos vêm tempos)
(in O despertar dos Alquimistas)

Havia de haver uma festa
em toda a praça iluminada
a perfeição manifesta
o pôr-do-sol
mais perfeito
a gente toda enfeitada

havia de haver pantominos
uma manhã de domingos
num fantástico efeito

traz um ar gingão
a tua altivez
traz um certo espírito português
dança folião
da maravilha e do lazer
o que espero da vida é nascer

INTERLÚDIO

Havia de ser bailarino
por cima do Sete-Estrelo
um outro macho latino
a adormecer
no teu colo
a fingir que era menino

havia de ser adivinho
pra te mostrar o caminho
de outro caminho mais certo

baila mundo baila
como um carrocel
nas cores mais velas de um painel
gira história gira
essa da guerra e do poder
o que espero da vida é saber

Havia de ter
toda esta alegria
nascida do santo e da orgia
havia de ter
o bem da paz e do prazes
o que espero da vida é viver

Corações sentidos corações
corações são cinzas e paixões
magoados nas vidas mal amadas
magoados nas vidas tão magoadas

segunda-feira, 14 de maio de 2007

Coça Barriga

G/D 8x
G/D | C |
Eu venho das horas do diabo
G/D | C |
venho mais negro do que a vida
B7| Em7|
quem me deitou um mau olhado
| A7 |
com a boca posta de lado
|Am7 D7 |
com sete pragas rangidas

não foi bruxo
nem feiticeira
namoradeira
nem foi Deus
nem foi Belzebu
lá estás tu
foi esta cidade
esse muro
aquele estranho futuro
a tropeçar na avenida
G/D | C |
eu já me lancei na bebida
| E7|
trago o corpo esquinado
|Am |
a insinuar um bailado
| C7
vou-me rir muito
F
vou gozar mais
E7
vou cantar o sol-e-dó
F7+
perder-me em doses fatais
F
tu vais ver só
E
o pé de vento que se vai levantar
Bb
comigo a rodopiar
G7 | C
Coça, coça a barriga
pantominas
A7 A9add | Bm Bm7 |
Coça, coça a barriga
Patavinas
G7 | C
eu sou o "Coça Barriga"
coça, coça a barriga
vitaminas
coça, coça a barriga
nicotinas
Eu sou o "Coça Barriga"

os meus olhos são vaga-lumes
inquietos num claro vazio
vacilam em noites suicidas
insinuam despedidas
à deriva meu navio
amanhã não sei o que virá
o que será
dá saudades minhas lá no bairro
Cara-Linda
vou partir como um condenado
amargo e desfuturado
achincalhando no fundo
e ao chegar à beira mundo
abrir então os meus braços
p´ra me lançar no espaço

vou-me rir muito
vou gozar mais
vou cantar o sol-e-dó
perder-me em doses fatais
tu vais ver só
o pé de vento que se vai levantar
comigo a rodopiar

Coça, coça a barriga
pantominas
Coça, coça a barriga
Patavinas
eu sou o "Coça Barriga"
coça, coça a barriga
vitaminas
coça, coça a barriga
nicotinas
Eu sou o "Coça Barriga"

bate forte meu coração
salta minha fera encurralada
já ninguém ouve o teu pregão
tua mais linda canção
futurando as madrugadas
vou fugir contigo p´ra Manágua
Olhos-d´Água
ainda um dia destes sou feliz
por um triz
darei largas à minha loucura
e já ninguém me segura
quando eu voltar sonhador
eu hei-de ser belo e sedutor
tu vais por uso e costume
enlouquecer de ciúmes
vou-me rir muito
vou gozar mais
vou cantar o sol-e-dó
perder-me em doses fatais
tu vais ver só
o pé de vento que se vai levantar
comigo a rodopiar

Coça, coça a barriga
pantominas
Coça, coça a barriga
Patavinas
eu sou o "Coça Barriga"
coça, coça a barriga
vitaminas
coça, coça a barriga
nicotinas
Eu sou o "Coça Barriga"

Foi Por Ela

D6 | Em7 A7 |
D6 B7
Foi por ela que amanhã me vou embora
Em7 | A7 | D6
ontem mesmo hoje e sempre ainda agora
D6 | Ebdim/B |
sempre o mesmo em frente ao mar também me cansa
Em7 | A7 | D6 |
diz Madrid, Paris, Bruxelas quem me alcança
Bb7+ | A7 |
em Lisboa fica o Tejo a ver navios
Bb7+ | A7 |
dos rossios de guitarras à janela
Em7 | A7 | D6 |
foi por ela que eu já danço a valsa em pontas
Em7 | A7 | D6 |
que eu passei das minhas contas foi por ela

Foi por ela que eu me enfeito de agasalhos
em vez daquela manga curta colorida
se vais sair minha nação dos cabeçalhos
ainda a tiritar de frio acometida
mas o calor que era dantes também farta
e esvai-se o tropical sentido na lapela
foi por ela que eu vesti fato e gravata
que o sol até nem me faz falta foi por ela

Instr. D6 C#7 F#m Em7 A7 D6

Foi por ela que eu passo coisas graves
e passei passando as passas dos Algarves
com tanto santo milagreiro todo o ano
foi por milagre que eu até nasci profano
e venho assim como um tritão subindo os rios
que dão forma como um Deus ao rosto dela
foi por ela que eu deixei de ser quem era
sem saber o que me espera foi por ela

À Deriva Porto Rico (excerto )

(A)
{A B Bm E }

Asus2 Bsus2
Naquele lugar servem-nos tabaco em lugar de vinho
Bm E7 Asus2
em Porto Rico cheira a erva santa de Santo Domingo
A2 B2
tão doce e sentida, chupada e contida no peito tão só
Bm E7 Asus2
sorvem como sumos pelas bocas em fumos pelos narizes em pó
A9add B9add
por baixo das linhas quentes tropicais são mais cristalinas
Bm7/A E7/G# F#m B7
música de búzios, dos atabalinhos, de campaínhas e buzinas, transmarinas

[| A6 | F#m | --- | A/E | A6/E | A6/C# | --- | A6/E | ]

C#m | Eb7/5- |Adim Ab7 Ebdim | C#m
Escarabulha, salta, pula, pincha, fazem muitas mil doidices, quem o disse?
Eb7 | Abm | F#m |
De tal maneira a marinhar p´ra não se deitarem ao mar
Bsus2 E F#m Bsus2 E F#m B
Uns atavam-nos uns aos outros, pelas gambias, pelos cotos

Esvoaça, avoa, abeija a ala pelas ventas extasia, quem
diria?
Imitam aves o que é raro e eu até sofro do faro
Um vai t onto e outro tolo pois tanta côdea é pró
miolo

A chusma de gulosos dedilha folhas secas, viciosos
canudinhos
em extase escondidos de tudo areou perdeu o tino dos
caminhos
e andamos ao pairo sem norte nem sol no desvairo das
folias
se o piloto trás dois nortes pelo seu sol outro em sua
fantasia
e as ilhas deste mundo sem bóias que as prenda lá no
fundo deste mar
andam sobre as águas bailam pelas fráguas como bóias a
bailar a boiar

Escarabulha, salta, pula, pincha, fazem muitas mil
doidices, quem o disse?
De tal maneira a marinhar p´ra não se deitarem ao mar

Uns atavam-nos uns aos outros, pelas gambias, pelos
cotos
Esvoaça, avoa, abeija a ala pelas ventas extasia, quem
diria?
Imitam aves o que é raro e eu até sofro do faro
Um vai tonto e outro tolo pois tanta côdea é pró miolo

A CHUSMA SALVA-SE ASSIM - LETRA COM ACORDES

                                               A CHUSMA SALVA-SE -SE ASSIM Intro: 2/4 || Bm| Bm| Bm A |D7+|F#m D7+|F#m D7+|F#m Em| ...